Finalizada a Audiência Pública para a Construção da Barragem de Botuverá

0
31

A Audiência Pública que trata do Licenciamento Ambiental da Barragem de Botuverá transcorreu de forma tranquila. Cerca de 200 moradores de Botuverá, Brusque, Itajaí e municípios do Vale do Itajaí participaram do ato legal, conduzido pela Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina – Fatma.

Após uma rápida explanação da importância do empreendimento de médio porte para o Vale do Itajaí, o Secretário de Estado da Defesa Civil, Milton Hobus destacou que o cenário para o futuro demonstra possíveis problemas com eventos naturais adversos. “Vamos ter problemas graves se não tomarmos decisões agora.” Destacou.

Hobus concluiu que esta obra faz parte do maior pacote de investimentos de Santa Catarina, em obras preventivas e toda história do Estado. Pontuou ainda que é o maior volume de obras em território nacional, no que diz respeito a mitigação.

Depois disso, engenheiros e biólogos das empresas contratadas para executar os Estudos e Projetos apresentaram dados técnicos da estrutura. De acordo com o engenheiro, Alexandre Mosimann, os estudos tiveram início no final de 2013. Conforme o profissional, a Barragem de Botuverá contará com 40 metros de altura e será responsável pelo armazenamento de 20 milhões de metros cúbicos.

O local para a construção da Barragem foi definido após análise de seis pontos. Desses, três foram selecionados, até que foi confirmado pelos menores impactos socioambientais, desapropriações, entre outros efeitos, a área localizada a 17 kms do centro do município, na localidade de Ribeirão do Ouro, em Botuverá. Para chegar a essa conclusão também foram feitas sondagens e trabalhos de topografias.

SEM COMENTÁRIOS