PM persegue e prende ladrão logo após furtar uma Hilux, no Centro

0
167

A rápida ação da Polícia Militar na madrugada de segunda-feira, 5, permitiu a prisão de um ladrão de veículo e a recuperação de uma Hilux. Por volta de 2h10 o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) recebeu a informação de uma empresa de vigilância de que um homem suspeito estava tentando furtar uma caminhonete Hilux de cor branca, placas de Brusque, que estava estacionada na rua Humberto Mattiolli, Centro.

Imediatamente uma equipe de Rádio Patrulha seguiu para o local, próximo do Hospital Evangélico, no exato momento em que o ladrão deixava o local com o veículo furtado. Foi iniciado um acompanhamento e acionada outras guarnições. A fuga ocorreu em direção ao bairro São Pedro. Numa bifurcação das ruas São Leopoldo e Axel Krieger o marginal se perdeu e bateu de leve em um poste, abandonando o veículo.

A guarnição do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) que participava do cerco seguiu o ladrão e quando ele tentou se esconder no assoalho de uma residência, acabou cercado. Segundo o sargento Denilson Custódio dos Santos, que comandou a ação, houve a necessidade de um disparo de alerta não letal, uma vez que o marginal estava de posse de um estilete e resistiu inicialmente à prisão.

Após ser preso, ele foi identificado como sendo Willian de Moraes, 40 anos, morador de Tubarão, que já possui passagens por furto. Apesar de estar só no desfecho da ação, a polícia acredita que ele tinha comparsas dando cobertura, uma vez que chovia no momento do furto, mas ele não estava molhado. Ele usou uma chave falsa para abrir e ligar o veículo e inicialmente alegou que tinha pego a chave reserva no porta-luvas, sendo desmentido posteriormente pelo proprietário.

O dono da Hilux informou que dentro do veículo, que não tinha seguro, estava uma bolsa repleta de documentos, cheque e cerca de R$ 5 mil em espécie. O dinheiro não foi encontrado e possivelmente ele foi escondido pelo marginal. Ele e o veículo foram encaminhados para a delegacia de Polícia para os procedimentos necessários.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA