OSBr apresenta atividades em assembleia da OAB

0
4

As ações realizadas pelo Observatório Social de Brusque e projetos da entidade foram apresentados pelo diretor executivo Evandro Gevaerd, a advogados da OAB Brusque, na noite de quinta-feira, 31 de agosto.

Durante assembleia da Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção Brusque, Evandro falou sobre o trabalho de monitoramento e fiscalização dos investimentos públicos e prestou contas das receitas e despesas da entidade. “Além de realizarmos reuniões com prefeitos e outros agentes públicos, para tirar dúvidas ou sugerir melhorias na gestão dos recursos públicos, procuramos fazer o monitoramento dos investimentos, pelo Portal da Transparência, observamos a legalidade dos atos e elaboramos pesquisas de dados. Também analisamos os editais de compras públicas, acompanhamos os processos licitatórios e conferimos os produtos entregues pelos fornecedores. E promovemos ainda o programa Observador Mirim, que consiste em trabalhar a educação fiscal com estudantes de escolas públicas e privadas”, descreveu Gevaerd.

O diretor destacou que o OSBr em seis anos de trajetória, tem buscado a profissionalização de suas atividades. “Iniciamos uma campanha para buscar novos parceiros, tanto para nos auxiliar de forma voluntária, como financeiramente. Nosso objetivo é aprimorar o trabalho de fiscalização, contratando um engenheiro que possa fazer a vistoria de obras públicas, e também, um advogado para nos dar uma assessoria jurídica e analisar os editais de compras públicas”, explicou Evandro.

O diretor do Observatório Social comentou também sobre a intenção de firmar uma parceria com a Comissão de Moralidade Pública da OAB Brusque, no sentido de elaborar projetos de iniciativa popular, para serem encaminhados à Câmara de Vereadores. “Percebemos que há pouco interesse da população em participar e acompanhar as discussões do Legislativo, e além de incentivar um envolvimento maior das pessoas nas questões públicas, queremos defender a moralização da política em nossa cidade. Para isso, buscamos um apoio da OAB, por meio da Comissão de Moralidade, para que nos ajude a redigir projetos de interesse da comunidade e posteriormente, com o apoio de outras entidades, vamos buscar a assinatura da população para apresentar as propostas aos vereadores. A OAB será fundamental nesse processo”, salientou Gevaerd.

Por fim, Evandro divulgou a página eletrônica do OSBr e o canal de denúncias disponibilizado à população. “Gostaria de reforçar que o Observatório Social está à disposição da comunidade, e que se alguém quiser colaborar como voluntário, será muito bem-vindo, já que praticamente todas as ações da entidade, são realizadas por voluntários”, considerou.

O vice-presidente da OAB, Dr. Eduardo Decker agradeceu a explanação de Evandro e sinalizou que a parceria com a Comissão de Moralidade Pública, deve ser viabilizada em breve, já que a proposta vem beneficiar a coletividade. “Certamente, nós advogados contribuiremos com o trabalho do Observatório Social”, declarou Dr. Eduardo.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA