Moto atropela mulher quando atravessava faixa de pedestre

0
36

Por volta das 4h25 deste domingo (18). Uma mulher foi atropelada quando cruzava a rua General Osório, numa faixa de pedestre, quando foi atropelada por uma motocicleta e foi projetada cerca de 25 metros, sendo socorrida em estado grave, desacordada pelo Corpo de Bombeiros.

Segundo informações de um filho da vítima, identificada como sendo Olendina Vanatti, 48 anos, ela estava de carona em um veículo com parentes que a deixaram próximo de sua residência, necessitando apenas cruzar a faixa de pedestre para chegar em casa, poucos metros depois.

O piloto de uma motocicleta Honda CG 160, de cor preta e placa de Guabiruba, que seguia em direção ao portal do vizinho município, não percebeu a mulher sobre a faixa e colidiu contra a mesma, arrastando a mesma por cerca de 25 metros e a moto foi parar na Praça Guarani, já próximo da cabeceira da ponte que dá acesso à rua Henrique Deichman.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e chegando ao local encontrou a vítima desacordada, realizando o atendimento pré-hospitalar e conduzindo a mulher ao Hospital de Azambuja, onde chegou no mesmo estado crítico. O piloto da motocicleta também foi encaminhado para a unidade de saúde, porém os familiares de Olendina disseram que seu estado não era grave e o mesmo tentou justificar o atropelamento dizendo que achava que era um cachorro que estava atravessando na faixa de pedestre.

O Corpo de Bombeiros ainda não emitiu relatório sobre o atendimento. A Polícia Militar registrou a ocorrência e colheu informações sobre o atropelamento com testemunhas.

ATUALIZADA ÀS 6H30

O Corpo de Bombeiros divulgou por volta das 6h20 deste domingo (18) que a vítima do atropelamento foi encontrada caída na calçada, inconsciente, com suspeita de TCE (Traumatismo Crânio Encefálico), sinais e sintomas de fratura fechada no fêmur direito, sinais vitais estáveis. No PS de Azambuja a mulher voltou à consciência.

Já o piloto da motocicleta, identificado pelas iniciais J.R., de 32 anos, estava sentado, consciente e orientado, apresentava contusão no membro inferior esquerdo (terço médio), escoriações generalizadas e sinais vitais estáveis.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA