Casal furta 87 peças em bronze e cobre em cemitérios da região

0
56

Policiais militares de Botuverá realizavam rondas na rodovia Pedro Merísio (SC-486), na região de Pedras Grandes, por volta das 21h deste domingo (23), quando avistaram um veículo GM Astra, de cor preta, placas de Penha, seguindo em direção à Brusque. Como neste período do ano muitas famílias seguem para a praia, muitos ladrões aproveitam da situação para a prática de furto. Por isso, decidiram abordar o veículo.

No carro estava um casal e uma menor de idade. Ao realizar uma vistoria no veículo, localizaram vários sacos, no porta-malas e no interior, cheios de peças furtadas em cemitérios, inclusive no de Botuverá. Eram crucifixos, porta retratos, placas nominativas, em cobre e em bronze, na maior parte das 87 peças localizadas pela PM. O motorista, de 22 anos de idade, confirmou que o material foi furtado nos cemitérios de Vidal Ramos, Ituporanga e Botuverá.

O veículo foi apreendido e o casal com a menor encaminhados para a delegacia de Polícia Civil de Brusque, onde o caso passou para a alçada da Polícia Civil. A mulher, de 42 anos, tentou ludibriar a polícia dizendo que havia pego uma carona, mas ao chegar na DP o policial civil fez uma busca pelo nome dela e descobriu que a mesma já teve passagem policial em Jaraguá do Sul pelo mesmo crime.

Em depoimento ao delegado Alex Bonfim Reis, o suspeito alegou que as peças foram furtadas para serem utilizadas em “despachos” de magia negra. Os ladrões residem em Piçarras, no litoral catarinense. As peças apreendidas devem ser encaminhadas na próxima quarta-feira (26) para a delegacia de polícia de Botuverá, onde ficarão à disposição das possíveis vítimas.

O delegado Alex informou que o casal foi autuado em flagrante por furto qualificado e corrupção de menor, sem direito ao pagamento de fiança nesta fase do processo. Eles deverão passar por uma audiência de custódia nesta terça-feira (24). A menor foi entregue a um irmão.  

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA